Mulheres protestam contra pesquisa sobre estupro

Terra – Mulheres de todo o Brasil estão protestando pelo Facebook após o resultado de uma pesquisa divulgada pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea) que apontou que a maioria dos brasileiros acha que ???Mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas???. Segundo a pesquisa, 65,1% das pessoas ??? incluindo homens e mulheres ??? concordaram com essa informação. Já 58,5% concordam com a afirmação ???Se mulheres soubessem como se comportar, haveria menos estupros???. 
LEIA TAMB??M – A causa dos estupros, segundo pesquisa
A reação diante da pesquisa foi imediata e uma campanha online chamada ???Eu não mereço ser estuprada??? foi ganhando força na rede social. Utilizando a hashtag #EuNãoMereçoSerEstuprada, as internautas postaram fotos seminuas dizendo que as vestimentas não são motivo para nenhum crime sexual. Até as 11h30 deste sábado, a comunidade Eu não Mereço Ser estuprada tinha 514 participantes na rede social. Outras duas com temática semelhante somavam mais 500 membros.
Após criar a campanha, a jornalista Nana Queiroz afirmou ter sido vítima de várias ameaças, tanto de homens como de mulheres. Nana recebeu mensagens dizendo que ela merecia ser estuprada por liderar uma campanha como essa. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE