Mulher inventa ‘câmera que capta cheiros’

(Foto: Amy Radcliffe)
Uma britânica desenvolveu uma “câmera” especial que, em vez de armazenar imagens, retém odores.Batizada de “Madeleine”, em homenagem ao tipo de bolo francês que desperta, pelo odor, várias recordações no personagem central no famoso livro Em Busca do Tempo Perdido, de Marcel Proust, a engenhoca foi o trabalho de conclusão de mestrado da artista Amy Radcliffe na universidade Central Saint Martins, em Londres.
A “Madeleine” usa uma cúpula de vidro conectada por dutos a um recipiente de cerâmica – a ‘câmera’, que absorve o cheiro do objeto colocado sob a tampa de vidro. O sensor de odor no corpo da câmera de cerâmica contém uma resina especial que retém o aroma, que é então transportada para um laboratório para análise e, portanto, ser reconstituída sinteticamente – como uma foto revelada e ampliada. Uma vez que isto é feito, o cheiro pode ser armazenado num frasco pequeno.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE