Movimento ‘Vem Pro Bar Mais Cedo’ ganha adesão

Como alternativa para buscar minimizar os prejuízos financeiros decorrentes da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), bares que funcionam também como restaurantes em Americana estão aderindo a um movimento denominado ‘Vem Pro Bar Mais Cedo’. A iniciativa ganha corpo depois do anúncio do Governo do Estado de limitar a circulação das pessoas entre 23h e 5h até o dia 14 de março.

Alguns estabelecimentos divulgaram a ação: Casa Morita (ex-Atômico), Fritz e Burguer Companhia. O objetivo é incentivar os clientes a ir mais cedo para possibilitar aos funcionários e colaboradores voltar para suas casas até o horário estipulado pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19. Além, evidentemente, dos próprios cidadãos retornarem a suas casas no horário.

Dessa maneira, os clientes podem ajudar a diminuir os prejuízos acumulados pelo setor de bares e restaurantes, além de curtir momentos de lazer de maneira controlada, dentro das normas sanitárias estabelecidas como combate à Covid-19: uso de máscaras faciais, álcool em gel nas mãos e distanciamento entre as mesas nos locais de capacidade reduzida a 40%.

A Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes da Região Metropolitana de Campinas) divulga que o setor na RMC trabalha desde o segundo semestre de 2020 com 60% das vendas, com perda de R$ 2,374 bilhões em faturamento acumulado. Desde o início da pandemia, mais de 4 mil bares e restaurantes fecharam e 15 mil pessoas foram demitidas.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE