Mortes por overdose ‘overdosam’ nos EUA

do G1- As mortes por overdose nos Estados Unidos aumentaram 7% e chegaram a quase 71.568 mil em 2017, segundo dados do órgão estatal de saúde pública para o controle de doenças (Centers for Disease Control, CDC) divulgados na quinta-feira (16). O número de mortes por overdose é muito superior aos óbitos por acidentes de trânsito, relacionados a armas de fogo ou suicídios.
O aumento nos casos ocorre em um momento em que os mais viciados recorrem ao potente opioide sintético fentanil pelas dificuldades para acessar os cada vez mais controlados analgésicos de receita. As mortes por overdose nos Estados Unidos somaram 67.114 em 2016 e um pouco mais de 54.207 em 2015, segundo o CDC.
Os registros de mortes aumentaram em 38 dos 50 estados do país. A maioria das mortes aconteceram na Flórida (sudeste), Califórnia (oeste), Pensilvânia e Ohio (meio-oeste), segundo a France Presse. Os aumentos maiores, em termos percentuais, aconteceram na Carolina do Norte (sudeste), com um aumento de 22,5%, e em Nebraska (meio-oeste), com uma alta de 33,3%.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE