Mortes nas rodovias paulistas é o menor desde 2015

O número de mortes em acidentes ocorridos nas rodovias reguladas pela ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo e administradas pelas 20 concessionárias que integram o Programa de Concessões Rodoviárias apresentou queda de 16% de janeiro a junho deste ano (472), na comparação ao primeiro semestre de 2019 (563), segundo dados do Infosiga SP. Este é o menor número registrado no período desde 2015, quando iniciou a série histórica do programa Respeito à Vida, do Governo de São Paulo.

Em média, a movimentação de veículos nas rodovias concedidas caiu 20% em relação ao primeiro semestre de 2019. Esta redução no tráfego, reflexo do isolamento social devido à pandemia da Covid-19, somados às ações de prevenção de acidentes, que não foram interrompidas no período, contribuiu para a diminuição dos óbitos nas estradas. “Ações de engenharia, educação e principalmente de fiscalização estão ocupando cada vez mais espaço em nossas rodovias resultando na redução de acidentes com vítimas fatais”, avalia Milton Persoli, diretor-geral da ARTESP. “Estamos percorrendo o caminho correto e seguiremos desta maneira, inclusive, na retomada pós pandemia, para que o trabalho preventivo possa ajudar a preservar vidas.”

Especificamente no período da quarentena dentro do semestre, que compreende de 24 de março a 30 de junho, foram contabilizadas 255 mortes em todo os 10,8 mil quilômetros de malha rodoviária paulista sob concessão, 25% a menos que o mesmo período do ano passado quando morreram 340 pessoas. Fatalidades envolvendo pessoas com mais de 60 anos, público mais vulnerável à Covid-19, reduziram 44% após o isolamento social. Segundo o programa Respeito à Vida, a redução nesse grupo impactou o número geral de pedestres, pois, historicamente, uma em cada três vítimas de atropelamentos é idosa.

Programa de Redução de Acidentes

Nos contratos de concessão, é estabelecido que cada concessionária apresente à ARTESP um Programa de Redução de Acidentes de Trânsito e Segurança Rodoviária – PRA, destinado a promover a melhoria no sistema viário, beneficiando condutores de motocicletas e veículos de uma forma geral. A Agência estabelece diretrizes e metas, e acompanha de perto se elas estão sendo cumpridas. As medidas devem prever ações sobre a via, veículo e condutor, com intervenções na engenharia, em ações operacionais, educativas e de apoio à fiscalização.

Programa Respeito à Vida

Gerido pela Secretaria de Governo, o Programa Respeito à Vida tem como objetivo desenvolver ações com foco na redução de acidentes de trânsito. Juntamente com a sociedade civil, iniciativa privada, terceiro setor e, em parceria com municípios, promove intervenções preventivas educativas, de engenharia e fiscalização. Mais oito pastas estaduais atuam no programa: Logística e Transportes, Transportes Metropolitanos, Educação, Segurança Pública, Saúde, Desenvolvimento Regional, Desenvolvimento Econômico e Direitos da Pessoa com Deficiência. Além disso, a iniciativa é responsável pela gestão do Infosiga SP, sistema que publica mensalmente estatísticas sobre acidentes fatais de trânsito no Estado.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE