Morre o JR Ewing de Dallas

O ator Larry Hagman, que ficou famoso por viver o vilão J.R. Ewing na série televisiva “Dallas” e por integrar o elenco de “Jeannie é um gênio”, morreu nesta sexta-feira (23), aos 81 anos, em decorrência de complicações surgidas em sua luta contra o câncer, informou o diário “DallasNews”. O ator morreu às 16h20 (horário local) em um hospital em Dallas, indicaram membros da família ao periódico.
No momento de sua morte, que coincidiu com a celebração do Dia de Ação de Graças, a família e os amigos mais próximos se encontravam junto a ele, segundo precisou um comunicado familiar.
“Quando morreu, estava rodeado por seus entes queridos. Partiu tranquilamente, como ele teria desejado”, acrescenta a nota.

Larry Hagman, nascido em 21 de setembro de 1931, em Fort Worth (Texas), ficou mundialmente famoso por seu papel como John Ross Ewing, mais conhecido como J.R., na série “Dallas”, na qual vivia um homem de negócios sem escrúpulos, malicioso e manipulador.
Na série de TV “Jeannie é um gênio” (em inglês, “I dream of Jeannie), transmitida entre 1965 e 1970 nos EUA e sucesso no Brasil, Hagman interpretou Anthony Nelson, que tinha em casa uma moça chamada Jeannie, que era um gênio das histórias das “Mil e Uma Noites”.
O ator era casado desde 1954 com a decoradora sueca Maj Axelsson, com quem tinha dois filhos.
Desde 13 de junho, apesar da idade, o ator voltara a Dallas para dar vida a J.R. na nova série “Dallas 2.0”, produzida pela rede de televisão “TNT”.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE