Morre o cineasta italiano Ettore Scola

O cineasta Ettore Scola, um dos principais nomes da sétima arte na Itália, morreu nesta terça-feira (19), aos 84 anos de idade. O diretor estava internado em um hospital de Roma desde o último domingo (17), em coma no departamento cardiológico da instituição, de acordo com informações da agência de notícias ANSA.
Nascido em 1931 na pequena comuna italiana de Trevico, na província de Avellino, Scola se dedicou ao cinema após estudar Direito e atuar como jornalista.
Sua estreia como realizador se deu na comédia Fala-se de Mulheres, de 1964. Alguns de seus principais trabalhos foram os elogiados filmes Perdidos na África (1968), Nós Que Nos Amávamos Tanto (1970), Feios, Sujos e Malvados (1976), Um Dia Muito Especial (1977) e O Baile (1983).

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE