Morre ídolo do Palmeiras Oberdan Cattani

Um dos maiores nomes da história do Palmeiras, Oberdan Cattani, goleiro do Alviverde nas décadas de 40 e 50, morreu na noite da última sexta-feira, 20, aos 95 anos, em São Paulo.
Oberdan já havia sofrido com problemas de saúde neste ano. Em 15 de abril foi internado no Hospital Bandeirantes, em São Paulo, com uma grave lesão coronariana. Inicialmente ele passou por um cateterismo e no dia seguinte foi submetido a uma angioplastia, com a implantação de um stent. Oito dias mais tarde deixou a unidade coronariana, seguindo em observação em um quarto normal.
O ex-arqueiro chegou ao Parque Antártica aos 22 anos de idade pelas mãos do irmão, Athos. Foi o maior arqueiro da história do clube paulista entre as décadas de 40 e 50, período no qual conquistou os Campeonatos Paulistas de 1942, 44, 47 e 50; a Taça Rio e o Rio-São Paulo de 1951.Em 1942, Oberdan testemunhou o fim do Palestra Itália e o surgimento do Palmeiras. Em meio à 2ª Guerra Mundial, nenhuma agremiação poderia levar o nome do país liderado à época por Benito Mussolini, aliado de Adolf Hitler no conflito.A “estreia” do Palmeiras aconteceu na decisão do Campeonato Paulista daquele ano, com uma vitória por 3 a 1 sobre o São Paulo. Os atletas entraram em campo com a bandeira do Brasil.Apesar de ter se dedicado ao Palmeiras por quase 20 anos, acabou encerrando a carreira no Juventus por imposição do então presidente do Alviverde, Pascoal Giuliano.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE