Moradores são flagrados praticando descarte irregular

Em patrulhamento pela cidade, o Grupo de Proteção Ambiental (GPA) da Guarda Municipal de Sumaré flagrou
moradores fazendo descarte de entulhos em área pública. A ação aconteceu nessa segunda (06), no Jardim dos
Ipês, região de Nova Veneza. Eles foram informados e notificados sobre a Lei nº 6.075/18 que estabelece multas
e sanções para quem sujar as vias e espaços públicos da cidade e/ou descartar lixo e entulho irregularmente. Os
cidadãos foram orientados a recolher o entulho e descartar em locais apropriados, ou seja, em pontos
determinados pela Prefeitura, distribuídos pela cidade.

O trabalho preventivo iniciado na atual gestão municipal ocorre em todo o Município, especialmente nas áreas
rurais, ou seja, as rondas da corporação sumareense são parte das ações constantes e periódicas a fim de
dificultar delitos dessa natureza. “Temos uma grande preocupação com a preservação do meio ambiente. A ronda
por parte da nossa Guarda Municipal é para inibir o descarte de lixo doméstico, entulho e demais objetos em
locais inapropriados, e a ação tem sido eficiente frente a um problema que ocorre em toda a cidade”, disse o
prefeito Luiz Dalben.

Vale destacar que em consonância com a Lei Ambiental e visando contribuir com as ações de limpeza pública de
Sumaré, além de incentivar atos de cidadania, o prefeito Luiz Dalben sancionou em 2018 a Lei 6.075. De
iniciativa do ex-vereador e atual deputado estadual Dirceu Dalben, a lei determina multa para o morador que for
flagrado jogando qualquer tipo de lixo em local inadequado. A multa é de R$ 400 a cada infração cometida e, nos
casos de reincidência, o valor dobra para R$ 800. Caso o lixo seja descartado em áreas que abranjam mais de um
metro cúbico, a multa será proporcional à área ocupada, variando de R$ 1.000 a R$ 4.000.

As penalidades estabelecidas nas leis sancionadas reforçam as ações efetuadas pela Prefeitura para promover
espaços públicos limpos e adequados, bem como garantir a saúde pública e preservar o meio ambiente.
“Diariamente realizamos atividades de manutenção e limpeza de nossos espaços públicos e vias da cidade, e, em
algumas áreas, também fazemos o plantio de mudas de árvores, justamente para evitar o descarte irregular.
Pedimos a colaboração dos moradores para que preservem o ambiente e não sujem ou descartem lixo em local
inadequado, inclusive denunciem atos irregulares”, concluiu o Chefe do Executivo sumareense.

A Prefeitura recolhe toneladas de lixo durante o mês todo e mantém locais apropriados para descartes. “A
Administração Municipal faz um trabalho sério e não podemos permitir esse tipo de atitude, seja de cidadãos
sumareenses seja de moradores de outras cidades, como também flagramos algumas vezes. Por isso, orientamos a
população que procure uma de nossas Regionais para descartar inservíveis, e denuncie qualquer ação de descarte
irregular”, comentou a Comandante da GM, Simone Nery.

Denúncias sobre descarte irregular podem ser feitas pelo 0800.773.8900 do GPA (Grupo de Proteção Ambiental),
193 ou 3873.2656 da Guarda ou diretamente nas Administrações Regionais.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE