Moradoras de Campinas processam SBT

Maria de Fátima Ribeiro Barbosa e Santina Costa Mathias, moradoras de Campinas que foram sorteadas no dia 5 de novembro do ano passado para ganhar R$ 600 mil no programa Vamos Brincar de Forca do SBT, estão processando a emissora, a empresa Jequiti Cosméticos e Silvio Santos, por danos morais e materiais que somam R$ 2,4 milhões.
O motivo seria que mesmo após exibir o sorteio e anunciá-las como ganhadoras do prêmio, a Jequiti alegou que houve preenchimento incorreto do cupom e que elas foram desclassificadas. Trata-se do não preenchimento da resposta à pergunta ???Qual a empresa de cosméticos que dá prêmios para quem compra e para quem vende????. Elas acertaram a “palavra misteriosa” que era “indisposto”.
Segundo o Correio Popular, o advogado Helano Facco Junior, que representa as mulheres, afirmou que no regulamento não há nada que fale sobre a exclusão do concurso caso não respondam à pergunta. Na defesa apresentada à Justiça de Campinas, a empresa Jequiti afirmou que as participantes ???não entenderam o regulamento??? e que elas não têm provas de que sofreram danos com a desclassificação. As defesas do SBT e do apresentador Silvio Santos ainda não se pronunciaram sobre a ação. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE