Edit

Modelo gata dispara: ‘odeio cantadas de pedreiro’

Com um microshort jeans, Monique Coelho, a representante de Sergipe no concurso Musa do Brasil 2016, estrelou uma sessão de fotos e mostrou muita personalidade, além claro, de um shape de dar inveja. Dona de uma cinturinha de pilão, 63 cm para ser mais exato, a morena posou poderosa mas confessou que as cantadas sem originalidade não a atraem. 

“Gosto de ser cortejada. E quem não gosta, né? Mas tem que chegar com classe. Não é porque trabalho como modelo que sou um pedaço de carne em exposição no açougue. Ninguém merece essas cantadas de pedreiro, na maioria das vezes são invasivas e desrespeitosas. Criatividade e inteligência também despertam tesão nas mulheres, marmanjos”, provocou a musa. 
Monique comanda um canal no YouTube em que leva questionamentos e situações da vida sexual para a web. Mesmo com amplas discussões sobre esses tabus, caminho parecido com o da famosa youtuber Jout Jout, a Musa de Sergipe garante que falar sobre sexo abertamente ainda é mal visto, principalmente no caso das mulheres. 
“Tem muita gente sem noção que se sente no direito de ser invasiva comigo pelo simples fato de eu ser mulher e falar sobre sexo. As coisas são difíceis de ser mudadas não é mesmo? Nós batemos tanto na tecla da liberdade da mulher e tem gente que não entende bulhufas”, desabafou. 

“As pessoas precisam falar mais de sexo, encarar esse tema de maneira normal, sem tabus e preconceitos”.
Fotos: Eduardo Graboski / M2 Divulgação 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE