Edit

Ministério Público denúncia Eduardo Costa por estelionato

O Ministério Público do Estado de Minas Gerais denunciou o cantor sertanejo Eduardo Costa pelo crime de estelionato.

As informações são do site “Em Off”. A promotoria ainda pede a condenação do famoso à reparação dos danos causados por causa da infração penal. De acordo com a denúncia da 12ª Promotoria de Belo Horizonte apresentada à Justiça na última quinta-feira (25), Eduardo Costa realizou um contrato de compromisso de compra e venda, no dia 16 de julho de 2015, com duas vítimas, e adquiriu delas, um imóvel no bairro Bandeirantes, na cidade Belo Horizonte, por R$ 9 milhões.

Uma parte do valor [R$ 5.625.000,00], o artista deu um imóvel localizado em Piumhi, em Minas Gerais — região conhecida como “Fazenda Engenho da Serra”, distrito de Capitólio, mas, segundo a promotoria, omitiu de forma dolosa, sobre o fato de se tratar de bem “litigioso”, obtendo “vantagem ilícita”, em prejuízo das “vítimas”.

Ocorre que o imóvel que o sertanejo entregou era objeto de uma ação de reintegração de posse cumulado com demolição de construção, desde dezembro de 2012, e de uma ação civil pública, desde fevereiro de 2013, proposta pelo Ministério Público Federal, em face da EC13 Produções Ltda, da qual o cantor é o sócio.

O MP afirma que ele não falou da existência das ações que existiam em andamento, nem às vítimas, e nem aos profissionais que participaram das negociações.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE