Mercado animado com Taxa de Juros e PIB

(Reuters) – A perspectiva para a taxa básica de juros em 2018 foi reduzida na pesquisa Focus do Banco Central divulgada nesta segunda-feira pela segunda vez seguida, em meio a um cenário de inflação cada vez mais fraca.
O levantamento mostrou que a projeção dos economistas consultados para a Selic em 2018 passou a ser de 7 por cento, contra 7,25 por cento anteriormente. Para este ano, a conta permanece sendo de 7 por cento.
Entretanto, o grupo que mais acerta as previsões, o Top 5, elevou sua estimativa para a taxa básica de juros no ano que vem de 7 para 7,25 por cento, mantendo a perspectiva de 7 por cento neste ano.
O ajuste acontece depois de o BC ter reforçado a mensagem de encerramento gradual da flexiblização monetária na ata da sua última reunião, quando cortou a Selic em 1 ponto percentual, para 8,25 por cento.
Para o encontro de política monetária de outubro, os economistas consultados pelo BC para a pesquisa semanal continuam vendo redução do ritmo de corte da Selic para 0,75 ponto percentual.
O afrouxamento monetário ora em curso é favorecido pela fraca pressão dos preços. As contas para a alta do IPCA em 2017 foram reduzidas pela quarta vez seguida, para 3,08 por cento, 0,06 ponto percentual a menos do que na semana anterior.
Para 2018, a queda foi de 0,03 ponto, para 4,12 por cento. A meta oficial de inflação é de 4,5 por cento, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual, tanto para 2017 quanto para 2018.
Em relação à atividade econômica, a conta para este ano continua sendo de expansão do Produto Interno Bruto (PIB) de 0,6 por cento, enquanto que para 2018 a projeção subiu a 2,20 por cento, de 2,10 por cento no levantamento anterior.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE