Edit

As mentiras mais comuns nos aplicativos gays

Com o avanço da tecnologia, conhecer alguém por meio de aplicativos se tornou uma das principais ferramentas na hora da paquera. Um bom perfil, com descrição caprichada e provocante, acompanhada de uma foto, são os principais atrativos para chamar a atenção dos caras. Mas no meio do caminho os usuários podem se deparar com situações, ou ciladas, ou seja, pequenas mentiras envolvendo idade, fotos, status do relacionamento e até a profissão, que atrapalham o objetivo final: encontrar o par ideal.

A idade é uma das principais. É preciso ser sincero, afinal, tem gente que curte sair com homens mais velhos e outros mais novos. Mas outra mentira que pode ser tornar um grande problema envolve status do relacionamento. Em alguns casos, eles levam uma vida dupla, mas posam de solteiros. Se o pretendente busca de fato algo sério, encontrou aí um grande problema. Por isso, “investigar” bem o perfil do futuro parceiro é muito importante. Mas se ele também curte aventuras, por que não?

Tem também aqueles que arrumam desculpa para tudo. Na verdade, eles querem apenas manter o contato no aplicativo, ou seja, sexo virtual. O que não é um problema desde que esse objetivo esteja claro desde o começo da paquera. Se o papo acaba sempre com “estou trabalhando e estudando muito” é sinal de que não interesse nos finalmente, que é sair para conhecer e quem sabe engatar um namoro. Mas pode acontecer de no encontro o boy soltar “um dia a gente marca”, já sabe que algo não o agradou e ele não quer entrar em detalhes.

Lançado em 2012, na China, e em 2020, no Brasil, o Blued, aplicativo de geolocalização para homens gays conta com mais de 60 milhões de usuários, recursos que reforçam a segurança com destaque para a verificação de fotos, já que muitos usuários gostam de usar fotos de terceiros. O Blued oferece também funcionalidades que vão desde ver as postagens dos amigos e admiradores até a realização de chamadas e transmissões ao vivo. A ferramenta é líder na Índia, Coreia, Tailândia e Vietnã e foi criada desde o primeiro momento para levar entretenimento, informação e acolhimento aos seus usuários sempre respeitando a intimidade e a diversidade de cada um.

Por isso fique atento. Mentir sobre o tipo físico, grau de instrução, profissão, renda, com quem mora, em especial se divide casa com amigos ou pais, também são muito comuns. O desejo de agradar o outro faz com que essas “mentirinhas bobas” passem batidas, mas caso a história progrida, elas caíram por terra. Resta saber se haverá confiança para seguir com a relação mais duradoura, ou se acabará mesmo num encontro casual. Mas não se preocupe. Encontrou algo que não lhe agradou, não desista, parta para outra! Sempre priorizando a sua segurança e o seu prazer.

 

Sobre o BLUED

O aplicativo móvel Blued é um serviço de rede social baseado em geolocalização que permite que a comunidade LGBTQ se conecte de maneira conveniente, segura e com liberdade de expressão, integrando serviços de streaming ao vivo com feeds de notícias sociais personalizáveis chamados de vídeo e voz, bem como acesso a serviços relacionados a profissionais de saúde, nos mais diversos mercados selecionados. Um hub central para a plataforma LGBTQ líder mundial, BlueCity (NASDAQ: BLCT), o Blued está disponível em 13 idiomas e conectou 60 milhões de usuários registrados em todo o mundo.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE