Martins quer vacina para professores 47- e Leonora atrás de plano de carreira

Thiago Martins apela ao governo do estado por vacinas para profissionais da educação com menos de 47 anos

O presidente da Câmara Municipal de Americana, vereador Thiago Martins (PV), protocolou na secretaria da Casa uma moção de apelo ao governador do estado, João Doria, pela liberação de vacinas aos profissionais da educação, mesmo que estes estejam abaixo da faixa etária dos 47 anos.

No documento, o parlamentar menciona que o Plano Estadual de Imunização estabeleceu a idade mínima para a vacinação de educadores e que ainda restam muitos profissionais das redes pública e particular de ensino a serem imunizados na cidade.

Martins lembra ainda que o Ministério Público realiza pressão para o retorno às aulas presenciais nas unidades municipais de ensino, que deverá ocorrer no próximo dia 24. O vereador ressalta a grande insegurança do corpo docente, visto que grande parte dos funcionários que lidarão com as crianças e adolescentes ainda não foram imunizados.

“Nossa cidade tem uma centena de profissionais da educação que ainda não foram imunizados devido à faixa etária. Ante a iminente volta às aulas, precisamos que a vacina seja prioritária para esses servidores que atuam com toda a base do aprendizado dentro das salas de aula”, comenta.

 

Leonora cobra aplicação do plano de carreira dos professores municipais

A vereadora Leonora Périco (PDT) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um requerimento em que pede informações ao Poder Executivo sobre a aplicação da Lei Municipal 4.053/2004, que trata do plano de carreira dos professores da rede municipal de ensino.

No documento, a parlamentar aponta que tem sido procurada por professores que se qualificaram e cumpriram os requisitos para promoção, mas não estão sendo contemplados pelos benefícios previstos pelo plano de carreira.

“A lei foi criada para incentivar os professores a buscar qualificações para, assim, melhor educarem nossas crianças. Ela precisa ser colocada em prática e os professores devem ser valorizados”, destaca Leonora.

A vereadora questiona no requerimento o motivo pelo qual a lei não está sendo cumprida e quantos servidores aguardam pela promoção. Pergunta também qual o aumento de despesa previsto e se os valores atrasados serão pagos de forma retroativa. Por fim, quer saber ainda se há previsão para normalizar a situação e a lei ser cumprida.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE