Edit

Meche detona fusão PSL DEM

O vereador Marschelo Meche (PSL) criticou duramente a criação da União Brasil- partido que foi sacramentado esta semana com a união/junção de DEM e PSL. A nova legenda ainda não tem comando definido na cidade, mas caciques já se articulam. O partido terá um representante na Câmara (Meche eleito pelo PSL) e empresários no comando da legenda.

Recentemente, Meche fez movimento para voltar a se aproximar do presidente Jair Bolsonaro.

Leia abaixo o que disse Meche ao NM.

Sou contra essa fusão, vejo como muito nociva esse vai-e-vem ideológico dos partidos no Brasil, é algo danoso para a política e afasta os brasileiros. O PSL cresceu e fez bancada no Congresso com apoio ao presidente Bolsonaro, já está complicada essa mudança de discurso, agora piorou. Está se unindo ao DEM, que apoia o projeto político do Dória. Com essa fusão, torna-se insustentável minha permanência, porque desde sempre eu sigo os mesmos princípios, e acho que os partidos precisam ser coerentes. Não pensei sobre qual partido eu me filiaria, mas tendo a estar junto com o nosso presidente, que tem feito um governo de mudanças e de patriotismo. E sobre a fusão, as lideranças do DEM e do PSL pelo país nem sempre estão do mesmo lado, eu tenho boa relação com o pessoal do PSL em nível estadual e municipal e respeito o trabalho, inclusive meu pai é presidente do PSL local e ele permanece à frente da executiva municipal, mas eu tenho compromisso com a minha coerência ideológica.

 

Americana. Bolsonaro lidera com folga corrida presidencial

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE