Massagem tântrica. Das terapias mais requisitadas em São Paulo

A técnica vem conquistando cada vez mais adeptos pelos benefícios que traz para a saúde física e mental e é excelente para casais que querem descobrir e explorar um prazer mais profundo

A cidade de São Paulo não para de surpreender. Para quem desconhece a realidade, acharia interessante saber que a massagem tântrica tem sido cada vez mais procurada por homens e mulheres que residem no município, na região metropolitana e até mesmo na Baixada Santista.

Em geral, este público que pesquisa na internet por massagem tântrica em São Paulo busca pelos benefícios e experiências proporcionados pelas sessões desta terapia e as vivências conduzidas pelos terapeutas tântricos que atuam na Capital. Bairros como Vila Mariana e Paraíso têm se destacado por sediar estabelecimentos especializados nessa técnica.

O tantra não é uma religião, embora a simbologia e suas práticas tenham surgido ao longo da história em todas as religiões e culturas. As representações da união sagrada dos princípios masculino e feminino podem ser encontradas já em 2.000 a.C. na civilização do Vale do Indo e no antigo reino egípcio. Basicamente, o tantra surgiu na Índia, entre 300 e 400 d.C., quando os primeiros textos tântricos hindus e budistas foram escritos, como metáforas poéticas apontando para a unidade e o amor divino.

A massagem tântrica é um tratamento holístico que usa o conhecimento da filosofia oriental para promover o reequilíbrio da energia, superar traumas e bloqueios, desfazer crenças limitantes, despertar a energia sexual e expandir a capacidade de sentir prazer. Nada tem a ver com sexo nem com masturbação.

Prática do sexo tântrico focada em massagear o pênis, a massagem lingam (palavra sânscrita para pênis), ao contrário de um trabalho manual normal, envolve não apenas massagear e acariciar, mas também pode incorporar técnicas mais avançadas, incluindo os testículos, o períneo e a próstata (também conhecida como o ponto sagrado). Esta terapia não envolve ter um orgasmo e terminar.

Em vez disso, trata-se de tentar sentir cada vez mais prazer, que se transformará em ondas de orgasmos múltiplos durante a massagem. Já a massagem sensual yoni (palavra sânscrita para vagina) visa ajudá-lo a se sentir mais confortável com seu corpo e a compreender melhor o que é bom para você. Ela aborda a vagina como uma parte venerada do corpo, digna de respeito e honra.

Tanto a massagem lingam, quanto a yoni, podem ser feitas sozinha ou com um parceiro, com ou sem levar as coisas para o próximo nível. Outra técnica que tem sido muito procurada, a massagem sensitive caracteriza-se pelo uso da ponta dos dedos, com movimentos muito leves. Ela atua na promoção de uma cura mais rápida, aumentando o fluxo sanguíneo e reduzindo a inflamação no local do procedimento.

Todas as técnicas elevam o prazer, assim como os níveis de endorfina, serotonina e oxitocina. A sensação de prazer e bem-estar é bem forte. Para tanto, cada vez mais todas elas têm caído no gosto dos brasileiros.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE