Marielle, 11 meses do crime e muitas incertezas

As investigações sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Pedro Gomes completaram, nesta semana, 11 meses sem conclusão. Eles foram mortos a tiros no centro do Rio de Janeiro após um evento político.
A autoria do crime ainda é incerta e as investigações continuam sob sigilo. Entre as hipóteses levantadas pelos investigadores e autoridades que acompanham o assunto é de que o crime tenha sido cometido por milicianos. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE