Maluco acusado de matar cavalo com choques

TodoDia – Um cabeleireiro de 30 anos é suspeito de ter causado a morte do próprio cavalo com choques elétricos na noite deste domingo (1º), em Americana. 
 Guardas municipais receberam a denúncia de que o animal estava recebendo choques elétricos na rua, no cruzamento entre a Avenida Cillos e a Rua Lorena, no Parque Novo Mundo. Segundo o registro do caso no plantão da Polícia Civil, os guardas encontraram o cavalo caído no chão e tremendo e, enrolado em uma camisa, uma lanterna com dispositivo para eletrochoque. O animal morreu minutos depois da abordagem e o cabeleireiro admitiu ser dono do cavalo e da lanterna, mas negou tê-la usado para prática de tortura. O animal passou por perícia e o caso foi registrado na CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Americana.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE