Malheiros e Martins pedem para a saúde

O vereador Vagner Malheiros (PDT) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um requerimento em que pede informações do Poder Executivo sobre o atendimento oferecido na Unidade Básica de Saúde Dr. Wadih Calil, localizada no bairro Jardim São Paulo.
A UBS abriga o Centro de Assistência à Família e ao Idoso (CAFI) e uma unidade do programa Estratégia de Saúde da Família (ESF). Segundo o parlamentar, usuários do sistema público de saúde têm reclamado das constantes filas para agendamento. ???Em visita ao local, motivada pelas reclamações de pacientes, foi relatado que eles enfrentam fila na madrugada e mesmo assim não conseguem atendimento médico e pudemos averiguar que isso realmente acontece???, relata.
???A fila começa a formar-se às três horas da manhã em frente à UBS para a tentativa de uma consulta com a médica, como encaixe na lista de pacientes agendados, caso algum se ausente. Há dias em que acabam ocorrendo um, dois, três encaixes e há dias que não há nenhum porque todos os pacientes previamente agendados comparecem. E para agendamento a data mais próxima é março de 2019???, aponta Malheiros. No requerimento o vereador pede a relação dos médicos que atendem na UBS ???Dr. Wadih Calil???, especificando a especialidade oferecida, jornada de trabalho, dias e horário de atendimento. Questiona se a prefeitura sabe que só existe agendamento para março de 2019 e se pretende aumentar o número de atendimentos na UBS para zerar a fila de espera.
O requerimento será discutido e votado pelos vereadores em plenário, durante a sessão ordinária da próxima quinta-feira (8).

ESTACIONAMENTO– O vereador Thiago Martins (PV) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um requerimento em que reitera pedido de informações sobre prioridade de estacionamento na Praça Francisco Matarazzo para pacientes em tratamento de hemodiálise.
De acordo com o parlamentar, em resposta ao requerimento 2.348/2018, a informação é que na Praça Francisco Matarazzo há 65 vagas de estacionamento regulamentadas. ???Entretanto, a falta de demarcação tem gerado dificuldades em sua utilização. Pacientes que realizam hemodiálise no Hospital São Francisco questionaram, pois o acesso ao hospital é difícil e quase sempre não há disponibilidade para uso da área de estacionamento por essas pessoas que enfrentam grande debilitação???, aponta. ???No outro requerimento indagamos sobre a possível inclusão da Praça em área com cobrança de rotativo e, se fosse o caso, sobre a possibilidade de se destacar certa quantidade de vagas e torná-las prioritárias aos pacientes. Recebemos resposta positiva apenas sobre a área azul, e haverá cobrança no local, o que nos gera preocupação ainda maior quanto aos pacientes da hemodiálise que necessitam realizar o tratamento diversas vezes por semana???, relata Martins.
No requerimento, o vereador pergunta se a prefeitura realizou análise sobre a possibilidade de destacarem vagas especiais na Praça Francisco Matarazzo para os pacientes que realizam tratamento de hemodiálise e se, após a instalação da área azul no local, haverá gratuidade aos pacientes em tratamento.
O requerimento será discutido e votado pelos vereadores em Plenário, na sessão ordinária de quinta-feira (1). 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE