Macrises justificam “golpe” no diretório AM

Para justificar a tentativa de tirar o diretório municipal do PSDB em Americana das mãos do prefeito Diego De Nadai, os deputados de Americana Vanderlei (federal) e Caue Macris (estadual) alegam falta de compromisso com o pagamento do aluguel do prédio; “abandono” das reuniões partidárias; contratação excessiva de membros em cargos comissionados, além do presidente incentivar a saída de membros para outros partidos e o PSDB perder filiados.

LEIA MAIS – Macrises vão tentar tomar PSDB de Diego

As justificativas não param por aí. Pai e filho falam que o atual governo está envolvido em diversos escândalos, como cassação de mandato por caixa dois na campanha; CEI do Ameriprev e ações civis públicas por improbidade.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE