Macris vai a Moro pedir polícia federal na CEI do BNDES

O deputado federal Vanderlei Macris (PSDB) se reuniu na tarde desta quinta-feira,9, com o Ministro da Justiça, Sérgio Moro, na sede do ministério, para tratar de questões da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Na oportunidade, Macris, que é presidente da CPI, solicitou o destacamento de um representante da Polícia Federal para o acompanhamento da comissão.
“O ministro foi bastante positivo em atender nossa solicitação, devido a importância dessa investigação, que trata de bilhões de reais em contratos sigilosos destinados a outros países”, ressaltou.
De acordo com o parlamentar, o ministro ainda sugeriu a visita da Comissão à 13ª Vara da Justiça Federal de Curitiba para ter acesso às delações premiadas. “Recebemos este convite que considero de extrema importância para o desenvolvimento dos trabalhos da Comissão”.  
CPI
Instalada no dia 27 de março, a CPI do BNDES, tem como objetivo debruçar-se na investigação dos contratos firmados entre 2003 e 2015, em especial nos vários acordos internacionais, entre eles com Cuba, República Dominicana, Gana, Angola, Equador e Venezuela. A CPI é composta por 34 membros titulares e 34 suplentes e tem prazo de 120 dias para realização dos trabalhos.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE