Macris tenta lucrar com voto secreto

Nesta quarta-feira (25), deputado federal Vanderlei Macris (PSDB-SP), relator da Comissão Especial criada para analisar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 196, que acaba com o voto secreto nos processos de cassação de mandato, informou que adiará para 2 de outubro a entrega do relatório sobre a medida.

A decisão do parlamentar foi tomada junto com a opinião da bancada do PSDB na Câmara dos Deputados, com a expectativa de que o Senado aprove nesse período a PEC 43, que é mais ampla por prever voto aberto em todos os tipos de votação, inclusive nas Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais. “O PSDB defende o voto aberto para todas as votações, portanto a votação da PEC que está no Senado é nossa prioridade”.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE