Macris protocola CPI do BNDES

O deputado federal Vanderlei Macris (PSDB-SP), reeleito para seu 4º mandato, protocolou na tarde desta segunda-feira (4), com 204 assinaturas, requerimento para a criação da CPI do BNDES. Segundo o parlamentar, a comissão terá ação aprofundada na investigação dos contratos entre 2003 e 2015, em especial nos acordos internacionais.
Para bombar a proposta, Macris fez um vídeo – postado em suas redes sociais – em que aparece ao lado dos novatos, o deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) e a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP). 

Macris destaca que conta com a força das bancada do governo para investigar as irregularidades e ilicitudes que foram mantidas em segredo da população. “Mesmo que esta Casa já tenha realizado apuração, é imprescindível se debruçar nos dados mantidos na conhecida ‘caixa preta’ do BNDES. A situação política então vigente impediu que abríssemos esses dados, mas aqui não cruzaremos os braços”, declarou.

Bilhões de reais foram destinados a outros países, sem investimento no Brasil. “Foram R$ 4,1 bilhões financiados em projetos da Odebrecht em Gana, República Dominicana, Venezuela e Cuba. Nada deste montante investido no nosso país”, criticou.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE