Macris ‘passa em branco’ em lista dos mais influentes

O deputado federal Vanderlei Macris (PSDB) passou em branco em ranking divulgado neste final de ano pelo Diap. Foram eleitos os 10 parlamentares mais influentes do Congresso, mas ao todo 134 foram votados pelos pares, e Macris obteve 0 votos.Foram eleitos os mais influentes os presidente das duas Casas do Congresso, Marco Maia, presidente da Câmara, e José Sarney, presidente do Senado; os lideres partidários da Câmara, Henrique Alves, do PMDB, ACM Neto, do DEM, e Bruno Araújo, do PSDB; o líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros; o líder do Governo na Câmara, Arlindo Chinaglia, e atual relator???geral do orçamento e ex-líder do Governo no Senado, Romero Jucá, e ex-lider do Governo na Câmara, Candido Vaccarezza; e o senador e presidenciável do PSDB, Aécio Neves. Entre os eleitos na edição de 2012, com exceção do deputado Bruno Araujo, do PSDB de Pernambuco, que figura pela primeira vez entre os Dez mais influentes do Congresso, os outros já foram indicados por seus pares em edições anteriores. Sarney já figurou 12 vezes. Arlindo Chinaglia seis vezes. Renan Calheiros e Romero Jucá, cinco vez cada. Aécio Neves, cinco vezes, sendo quatro como deputado. Henrique Alves e ACM Neto, quatro vez cada. Candidato Vaccarezza figura pela terceira vez e Marco Maia pela segunda.

Um segundo grupo influente, que vai do 11ª ao 19ª posição, estão o líder do PT na Câmara, Jilmar Tatto, e o líder do PT no Senado, Walter Pinheiro; o senador Aloysio Nunes Ferreira, do PSDB de São Paulo; o líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias; o deputado Ronaldo Caiado, do DEM de Goiás; o líder do Governo no Senado, Eduardo Braga; o líder do DEM no Senado, José Agripino; o deputado Miro Teixeira, do PDT do Rio de Janeiro; e o ex-líder do PT na Câmara, Paulo Teixeira. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE