Lésbica bolsonarista espancada em ataque homofóbico

A youtuber Karol Eller, lésbica e apoiadora declarada do atual presidente Jair Bolsonaro (PSL), que ficou conhecida após, ao defender o presidente, dizer que homofobia é vitimismo, foi espancada em um ataque homofóbico na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. 
Karol contou aos policiais que estava em um quiosque com sua namorado quando foi espancada por dois homens. A polícia investiga se foi um ataque homofóbico. 
Segundo a namorada de Karol, que é policial civil, os homens faziam provocações e passaram a agredir a youtuber com empurrões e socos. O caso foi registrado na 16ª DP (Barra da Tijuca) como lesão corporal e injúria por preconceito.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE