Lobão detona ditadura e minion tem nó no cérebro

Um dos principais reacionários do Brasil, o músico Lobão criticou duramente a ditadura militar e gerou polêmica nas redes sociais. 
Após o presidente Jair Bolsonaro determinar que militares celebrem o golpe de 1964 no próximo dia 31 de março, o cantor gravou um vídeo criticando o período: ‘Nós temos que perceber que o regime de 64, seja ele ditatorial ou não, era um regime autoritário. E isso já é uma merda. Nós tivemos 23 anos de uma censura estúpida’, disse. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE