Lixo. Bill vence disputa com oposição no MP

Foto- Arquivo e montagem
O Ministério Público de Nova Odessa decidiu arquivar duas representações que questionavam a TMR (Tarifa de Manejo de Resíduos) no município. Uma delas foi apresentada por um munícipe e a outra pelos vereadores Tiago Lobo, Antonio Alves Teixeira e Claudio José Schooder, o Leitinho. A decisão em arquivar as representações partiu da promotora Beatriz Binello Valério.
A Tarifa de Manejo de Resíduos foi criada através de decreto, com o objetivo de tornar mais justo o valor do serviço de coleta de lixo em Nova Odessa, cobrando mais de quem realmente produz mais resíduos, os chamados “grandes geradores de lixo”. O assunto também já passou a ser discutido em outras cidades da região, como Americana, por exemplo, onde a Câmara estuda a criação de uma legislação semelhante.
A tarifa também atende recomendações do Ministério Público, através do Gaema (Grupo de Atuação Especial do Meio Ambiente), e também a lei 12.305/10, que instituiu a PNRS (Política Nacional de Resíduos Sólidos). A Tarifa de Manejo de Resíduos Sólidos substitui a cobrança que vem todos os anos junto com o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e passou a ser cobrada na conta de água, uma vez que a Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa) assumiu o serviço de coleta, transporte e destinação do lixo desde o dia 10 de janeiro, exceto os bairros de chácaras, cujo trabalho continua sendo feito pela Prefeitura. A transferência foi aprovada pela Câmara.
OUTRAS CIDADES. O diretor-financeiro da Coden, Daniel Cia Lorençatto, lembra que a Tarifa de Manejo de Resíduos Sólidos já é uma realidade em várias cidades do Estado “A instituição da tarifa tem como objetivo equacionar os valores e fazer uma cobrança justa em cima daqueles que produzem mais lixo”, disse ele.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE