Libertadores: Grêmio perde, mas vai à final

O Grêmio está numa final de Libertadores após 10 anos sem disputar a decisão. Nesta quarta-feira, o Tricolor perdeu pelo placar de 1 a 0, na Arena, mas garantiu a classificação para a final. Como o time gaúcho havia ganho a primeira partida pelo de 3 a 0, em Guaiaquil, no agregado dos resultados o placar ficou 3 a 1 para o Grêmio.

A torcida gremista lotou a Arena com mais de 54 mil torcedores presentes e bateu recorde de público total. O Tricolor Gaúcho é o único brasileiro que disputou finais de Libertadores em quatro décadas diferentes (1983, 1984, 1995, 2007 e 2017).
O Grêmio ganhou um desfalque de um última hora. O centroavante Lucas Barrios sentiu um desconforto muscular e ficou de fora do jogo. O técnico Renato Portaluppi optou pelo jogador Cícero para atuar na posição, sem alterar a formação da equipe. No meio de campo, o volante Jaílson seguiu no time e Michel iniciou o duelo no banco de reservas.
O Barcelona-EQU teve o retorno do atacante artilheiro Jonatan Álvez. O zagueiro Dario Aimar foi ausência. O brasileiro Gabriel Marques foi desfalque pois recebeu suspensão de três jogos após ter agredido jogador santista nas quartas-de-final da competição.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE