Leitos de coronavírus na Unimed atingem porcentagem crítica

Os leitos destinados ao tratamento do coronavírus em Americana atingiram uma porcentagem crítica no Unimed Americana.

No boletim atualizado desta terça-feira enviado pela prefeitura, os leitos com respiradores – UTI – atingiram sua lotação máxima, dos 15 disponíveis, os 15 estão ocupados. Já os leitos sem respiradores – enfermaria – 11 dos 13 leitos estão ocupados.

O Hospital São Lucas também está com todos os leitos com respiradores lotados. A unidade possui 10 leitos de UTI e todos estão sendo usados. Já os leitos sem respiradores, a ocupação é de 41%.

Veja os números divulgados pela prefeitura nesta terça:

Ocupação de leitos

Nesta terça-feira (2), a taxa geral de ocupação de leitos para Covid-19 no município é de 70% de leitos com respiradores (de 57 no total, 40 estão ocupados) e de 52% de leitos sem respiradores (de 66 no total, 34 estão ocupados). O Hospital Unimed reduziu de 18 para 13 os leitos de enfermaria e ampliou de 14 para 15 os leitos de UTI.

No Hospital Municipal a taxa de ocupação é a seguinte: 59% com respiradores (de 17 no total, 10 ocupados) e 83% sem respiradores (de 18 no total, 15 ocupados). No Hospital São Lucas, a taxa de ocupação de leitos é de 100% com respiradores (de 10 no total, 10 ocupados) e 41% sem respiradores (de 17 no total, 7 ocupados); no Hospital São Francisco a taxa é de 33% de leitos com respiradores (de 15 no total, 5 ocupados) e de 6% sem respiradores (de 18 no total, 1 ocupados) e no Hospital Unimed a taxa é de 100% de leitos com respiradores (de 15 no total, 15 ocupados) e de 85% de leitos sem respiradores (de 13 no total, 11 ocupados).

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE