Edit

Lei Aldir Blanc em Santa Bárbara abre inscrições para novos projetos

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste abrirá na segunda-feira (4) inscrições para novos projetos a serem realizados pela Lei Aldir Blanc no Município. Até o dia 3 de novembro, artistas locais das linguagens de Arte, Patrimônio Cultural e Economia Criativa poderão se inscrever no www.santabarbara.sp.gov.br/leialdirblanc. Com investimento total de R$ 136,5 mil, 42 novos projetos que deverão ser desenvolvidos e realizados até a dia 31 de maio de 2022.

Serão aceitos projetos voltados a artes visuais, música, teatro, dança, literatura, narrativa oral, cultura popular e urbana e demais expressões artísticas, comunidades tradicionais, culturas afro-brasileiras; culturas populares; arquivos, museus e salas de memória e moda, gastronomia, cultura digital ou outras formas de atividades que tenham como princípio a criatividade e o capital intelectual, além do edital “Caminhos da Cultura 2 de 2021” para oficinas e workshops.

“Os resultados da Lei Aldir Blanc no Município são excelentes. A distribuição dos recursos fomentou o mercado criativo e empregou diversos profissionais da cultura. São técnicos, costureiras, equipes de apoio e diversos outros trabalhadores da cadeia produtiva que foram beneficiados. A continuidade das ações por meio da utilização dos recursos remanescentes da Lei viabilizará que outros 42 profissionais sejam favorecidos, desenvolvam sua arte e compartilhem seu conhecimento através de oficinas e workshops”, ressaltou o secretário de Cultura e Turismo, Evandro Felix.

A Lei Aldir Blanc em Santa Bárbara já alcançou cerca de 70 mil pessoas com ações culturais e contemplou 52 propostas e oito espaços, em repasses de aproximadamente R$ 1,2 milhão. Ao todo foram executadas 84 ações de artistas locais. Além da parte cultural, a lei na cidade registrou na área econômica 567 oportunidades de contratações diretas para profissionais da cultura e mais de 300 contratações indiretas de prestadores de serviços ou produtos.

As ações da Lei são realizadas por meio do Governo Federal, Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura, em parceria com a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste. Para atender à Lei, a Prefeitura lançou em julho de 2020 o Mapa da Cultura Barbarense, cadastro responsável por coletar dados da área cultural da cidade, quantificar e apresentar direcionamento às políticas públicas para o Setor Cultural do Município.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE