Leal desperdiçou 2013

No final de 2013, o NM questionou o vereador Adelino Leal (PT) se ele considerava que havia desperdiçado o ano por conta de não ter transformado a votação expressiva do ano anterior (foi o vereador de oposição mais votado da cidade).
A resposta foi não. Leal considera que a votação obtida em outubro de 2012 (2,3 mil votos) foi fruto de sua campanha e do trabalho no mandato anterior. O vereador considera que esse trabalho não se alterou e, portanto, não existem motivos para temores.
PT, MÁRCIO E 2016– A estrutura do PT e o comando de décadas do deputado estadual Antonio Mentor é visto como um empecilho para o avanço de Leal. Ele ensaiou se aproximar da Rede (até assinou ficha de apoio), mas o partido não vingou. Para 2016, Leal tem perfil excelente para ser vice em quase qualquer chapa, mas falta-lhe espaço no PT, que ainda não sabe o que fazer e aguarda 2014. Com relação ao mini marqueteiro Márcio Leal, seu filho, o vereador acredita que o momento é dele buscar seu espaço em Santa Bárbara d’Oeste.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE