Larguesa quer CEI para Walter Forty

O ex-vice-prefeito de Santa Bárbara d’Oeste Luís Vanderlei Larguesa (PT) e seu ex-secretário de meio ambiente Edvaldo Volponi protocolaram documento na Câmara da cidade pedindo investigação via uma CEI para analisar contratos entre prefeitura e a empresa Forty, concessionária do lixo da cidade.

LUIS VENDERLEI LARGUESA e EDVALDO VOLPONI, vêm perante esta presidência externar a integral concordância com o pedido de CEI, formulado pelo Sr. Walter Jorge de Paula.
Salientando que poderemos carrear a esta Câmara, mais de 600 páginas de documentos/medições, as quais comprovam, de forma cabal, todas as irregularidades e desvios ocorridos nos contratos formalizados entre o Município e a empresa Forty Construção e Engenharia, via de consequência, possibilitando a esta Casa de Leis a analise aprofundada dos fatos e denuncias que não foram apuradas no passado.

O proprietário da empresa Forti Construções e Engenharia Ltda, Walter Jorge Paula Filho, protocolou, esta semana denúncia contra Larguesa e Volponi, pedindo investigação por parte dos vereadores. Larguesa assumiu a administração municipal em dois períodos, no ano passado – julho e dezembro – e nomeou Volpini secretário de Meio Ambiente. Na denúncia, Walter Filho apontou irregularidades supostamente praticadas no período.

Segundo ele, o ex-secretário teria feito denunciação caluniosa em declarações e denúncia de superfaturamento em obra pública que causou instauração de inquérito no Ministério Público, posteriormente arquivada. O empresário acusa Larguesa e o advogado de terem praticado improbidade administrativa, por terem gerido os contratos firmados entre a prefeitura e a Forty, através da Secretaria de Meio Ambiente, quando a responsabilidade seria da Secretaria de Obras e Serviços.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE