Kadu pede ‘quase perdão’ a Tonhão

O presidente da Câmara de Santa Bárbara d’Oeste Kadu Garçon (PR) aproveitou que a casa aprovou o projeto que institui o Dia do Perdão e pediu desculpas ao candidato derrotado do PT na eleição de 2016 e advogado Tonhão Salustiano, a quem havia chamado de ‘advogado de meia-tigela’. 
No início de maio, depois de a Justiça Eleitoral ter julgado improcedente ação movida por Salustiano contra 10 parlamentares, Kadu o criticou, afirmando que Tonhão era um advogado ???de meia tigela???. 
O pedido de Kadu saiu depois de acordo judicial, e ele pediu desculpas publicamente, afirmando que na ocasião estava exaltado e entendia que a ação movida pelo advogado tinha motivações pessoais. ???Olho por olho e o mundo acabará cego???, afirmou.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE