Justiça de SP manda Corá retirar vídeo de ataque a Juliana

O Tribunal de Justiça de São Paulo mandou o vereador de Santa Bárbara Felipe Corá/Patriota a retirar de suas redes sociais o vídeo em que ataca a vereadora do PT de Americana Professora Juliana. O vídeo circulou em grupos de whatsapp e o caso apareceu primeiro aqui no NM e ao longo de duas semanas causou engajamento em defesa de Juliana por parte do PT local e do PT estadual e nacional.

Juliana pede que Corá ainda pague uma indenização de R$ 10 mil por danos morais, que seriam destinados a projetos de combate à violência contra a mulher. A informação da decisão do TJ foi publicada pela jornalista Mônica Bergamo na Folha de SP.

Corá sugeriu que Juliana “lavasse sua boca com ácido sulfúrico” antes de falar de Jair Bolsonaro.

COMISSIONADO DO MECHE– Juliana também foi ao presidente Thiago Martins/PV ver que medidas podem ser adotadas contra um comissionado do vereador Marschelo Meche PSL que a teria ironizado em um programa de TV.

PT São Paulo defende Prof.a Juliana após ataques de Corá

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE