Justiça libera comercialização do genérico Annitta

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região, no Rio de Janeiro, reverteu ontem a decisão que suspendia a sentença de primeira instância que julgou nula a patente do medicamento Annitta,- para tratamento de parasitoses intestinais. O genérico do produto, comercializado pelo laboratório Althaia, poderá retornar às prateleiras das farmácias. O caso foi conduzido pelo escritório Sérgio Bermudes.

O medicamento é o único produto destinado ao tratamento de paritoses intestinais e é muito utilizado por crianças que vivem em zonas que não possuem saneamento básico. com a versão genérica, o medicamento deverá custar, em média, 60% mais barato do que a versão de marca.  

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE