Juíza apresenta Projeto Afin e debates em Nova Odessa

Cinco vereadores de Nova Odessa participaram na manhã desta sexta-feira (7) de uma reunião virtual com a juíza Michelli Vieira do Lago Ruesta Changman para apresentação do Projeto Afin (Afeto na Infância, Você, afinado com seu filho) e da “1ª Jornada de Debates: Plano Municipal da Primeira Infância. Para a salvaguarda das próximas gerações”.

Os parlamentares Oseias Domingos Jorge (DEM), Sebastião Gomes dos Santos, o Tiãozinho do Klavin (PSDB), Paulo Henrique Bichof (Podemos) e Wagner Morais (PSDB), acompanhados pelo presidente da Casa, Elvis Ricardo Maurício Garcia, o Pelé (PSDB), se colocaram à disposição da juíza, idealizadora do Projeto Afin, para a colaboração na elaboração do Plano Municipal da Primeira Infância.

A Câmara já havia firmado o compromisso de parceria na realização da Jornada, que é uma das etapas para elaboração do plano. “O Plano Municipal da Primeira Infância é uma política de Estado, não de governo, portanto deve ser construído com ampla participação da sociedade civil”, destacou a juíza.

Além dos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), a juíza apontou a necessidade de participação de outros setores, como as forças de segurança, a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), lideranças de bairro e de outros representantes da sociedade. “Peço que os vereadores não só participem da Jornada, mas que convoquem suas bases a participarem também. O plano só será efetivado se conscientizarmos a sociedade sobre sua importância”, explicou.

1ª Infância

A juíza explicou ainda que a primeira infância compreende a fase que vai de zero a seis anos e que todo o investimento no pleno desenvolvimento da criança nesta fase garante que ela seja um adulto mais produtivo e seguro, demandando cada vez menos os setores públicos.

Os vereadores ressaltaram a importância da assistência à criança desde antes do nascimento. Pelé lembrou a recente aprovação do projeto de autoria do vereador Tiãozinho que autoriza a permanência de doulas durante os partos realizados no município.

Morais citou notícia divulgada recentemente que aponta aumento considerável no número de abusos contra crianças durante a pandemia. Bichof lembrou o assassinato de duas professoras e três crianças em uma creche em Santa Catarina. Tiãozinho afirmou que a sociedade precisa amparar as crianças e Oseias falou sobre os constantes flagrantes de maus-tratos a crianças.

Os encontros virtuais da Jornada estão previstos para junho e contarão com os seguintes profissionais: Denise Auad, professora titular de Direito Constitucional da Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo, falará sobre “Os Direitos da Criança”. O médico pediatra e docente da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), José Martins Filho abordará “Os primeiros mil dias” para falar dessa fase considerada essencial para o desenvolvimento pleno da criança.

O terceiro dia contará com a presença da Erika Cantanhede, Pediatra com 08 anos de experiência com populações vulneráveis, que falará sobre “Os Marcos do Desenvolvimento Infantil, Violências e Negligências” e Juliana Costa, Especialista em Sexualidade Aplicada, doula e Chefe do Cejusc, que irá falar sobre “Gestações, Nascimentos e Relacionamentos”.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE