Juca cobra cartão ponto para assessores

O presidente da Câmara barbarense, o vereador Edison Carlos Bortolucci Júnior, o Juca (PSDB), promoveu, nesta tarde (12), nova reunião com diretores e chefes de setor do Legislativo. No encontro, além de ouvir relatos da situação atual de cada departamento, Juca cobrou mais agilidade na implantação dos cartões de ponto, além de determinar a divulgação do salário e dos benefícios de cada servidor no site da Câmara, assim como das despesas mensais detalhadas de cada gabinete. Ele solicitou, ainda, a implantação de rastreador nos veículos oficiais, com o intuito de garantir melhor gerenciamento da frota. 

???Estamos sendo cobrados pela sociedade, que exige mais transparência do Legislativo. Por isso, espero que essas medidas sejam implantadas o mais rápido possível???, afirmou Juca, que já recebeu parecer favorável da Procuradoria quanto à implantação do relógio de controle de jornada e da divulgação dos salários dos servidores. ???O setor de Recursos Humanos, junto com a Procuradoria, ainda avalia a regulamentação desse controlador de frequência, estudando a possibilidade de que os assessores parlamentares também sejam obrigados a efetuar esse registro diário???, explicou Juca, destacando que, pessoalmente, é a favor do controle de jornada dos comissionados. Atualmente, o controle de frequência dos servidores é feito manualmente em cada diretoria, enquanto cada vereador é responsável pela jornada de seus assessores. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE