JPSDB critica posicionamento de deputados

A JUVENTUDE DO PSDB DE AMERICANA, após deliberação entre seus membros abaixo-assinados, vem através desta carta manifestar seu total descontentamento com a posição dos deputados tucanos contrários à votação nominal do PL 4850/2016 e quaisquer alterações ao relatório afinal aprovado pela Comissão Especial Medidas Contra a Corrupção, conforme notícias veiculadas em jornais de circulação nacional.O PL 4850/2016 é um passo fundamental no combate à corrupção, pois criminaliza o enriquecimento ilícito de funcionários públicos e o Caixa 2 em campanhas eleitorais, restringe ações protelatórias em processos de corrupção, confisca bens de agentes corruptos e endurece as penas, entre várias outras mudanças legais que contribuirão para o fim da impunidade no Brasil. Em reportagens publicadas nos jornais O Estado de São Paulo e Folha de São Paulo, lideranças de vários partidos, inclusive do PSDB, articulam-se para emendar ao PL 4850/2016 mudanças na legislação que anistiarão o Caixa 2, praticado em campanhas eleitorais passadas, além de limitar a atuação da Justiça Federal nas investigações da Lava-Jato. Essa propositura já foi publicamente criticada pelo Juiz Federal Sérgio Moro, e pelos deputados Vanderlei Macris (PSDB/SP) e Jutahy Magalhães Jr (PSDB/BA). Segundo essas reportagens, estaria em andamento uma manobra entre líderes para que um deputado do PR ou do PT apresentasse a emenda de anistia.Circula em mídias diversas que o seguinte trecho seria emendado ao PL: ???Não será punível nas esferas penal, civil e eleitoral, doação contabilizada ou não declarada, omitida ou ocultada de bens, valores ou serviços, para financiamento de atividade político-partidária ou eleitoral realizada até a data da publicação desta lei???. A anistia para crimes de doação não contabilizada, em campanhas eleitorais, afetará inequivocamente as investigações da Operação Lava-Jato, e se configura um golpe contra os brasileiros. Repudiamos essa iniciativa e reiteramos nossa posição para que possamos saber quais deputados a apoiam.A JPSDB Americana lutou nas ruas, junto com a população, contra a corrupção. Nossas ações não podem ter sido em vão. Nossa história não nos permitiria o silêncio diante dessas movimentações que não encontram respaldo na vontade popular. A votação nominal do PL 4850/2016 é necessária e urgente, para que a luta por um país livre da corrupção possa ser vitoriosa, e para que todos possam reconhecer quais representantes populares estão a ouvir as vozes das ruas. Encaminharemos nossa posição às lideranças do PSDB na Câmara dos Deputados, deputado Antônio Imbassahy, e ao presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, e esperamos que se manifestem favoravelmente ao texto final da Comissão de Medidas contra a Corrupção e que defendam a votação nominal deste projeto de lei.26 de novembro de 2016.Marschelo Meche, presidente da JPSDB Americana.Rafael Macris, vice-presidente da JPSDB Americana.Bruno Henrique dos SantosCaio Alexandre GomesCiro SantanaFelipe VianaGabriel Turquiai MenossiGustavo MarsonIsrael Testa ZoppiJamile Elaine da FonsecaJouber Ricardo CâmaraLeonardo Sartori MenegattoLucas SerafimLuiz FerreiraLuiz Henrique da SilvaMarcia Holanda FerreiraNilson MonteiroRodrigo Cornachini Thiago ArrudaViviane MoreiraWesley Santos 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE