José Eduardo Cardoso decide deixar governo

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, deve deixar a pasta ainda nesta semana. Segundo a colunista Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo, interlocutores da equipe de Dilma Rousseff dizem que ele já tomou a decisão, mesmo que a presidente preferisse que ele continuasse onde está. Os dois já teriam inclusive conversado sobre a eventual demissão. Ainda de acordo com a colunista, Cardozo, que já ameaçou pedir demissão em outras oportunidades, não deve voltar atrás. Mas não está descartada a possibilidade de ele ser aproveitado em outro cargo. Cardozo deixa o cargo em uma semana conturbada com denúncias que podem envolver a sua campanha eleitoral, em especial depois da prisão do marqueteiro petista João Santana, e com a presidente que está cada vez mais isolada e distante até mesmo do PT. A pressão sobre Cardozo, vinda do PT, de partidos da base do governo e de representantes de setores empresariais, chegou a limites “intoleráveis” nas últimas semanas.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE