Jornalista vira sem-teto e morre de frio

Lee Halpin era um jornalista que, para se candidatar a um programa de jornalismo de investigação do canal de televisão Chanel 4, decidiu viver como sem-teto. No final da experiência iria escrever uma reportagem mas, antes de o conseguir fazer, acabou por morrer, de frio, numa noite em Newcastle.
Lee tinha 26 anos e a vontade de “chegar ao coração de uma história” não só como jornalista mas também como realizador de documentários no Reino Unido.

A decisão de entrar na pele de alguém a viver na rua tinha como objectivo passar pelas dificuldades de procurar um meio de sobrevivência e resistir para depois contar a história e alertar a população para este flagelo social.

Este foi um vídeo que gravou na candidatura ao programa de jornalismo de investigação, antes de partir para a experiência que viria a ser trágica.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE