Jonas quer energia solar fotovoltaica no Paço

O prefeito Jonas Donizette anunciou hoje (18), a contratação de um projeto executivo para implantação de um sistema de captação de energia solar fotovoltaica no Paço Municipal de Campinas. O projeto tem como maior benefício, além do exemplo da Prefeitura na área da sustentabilidade, a economia de recursos públicos. A implantação completa do sistema gerará uma economia de 80% em relação aos custos com as contas de energia elétrica do Palácio dos Jequitibás. Atualmente, são gastos cerca de R$ 550 mil por ano com energia elétrica no paço e, com a finalização desse processo, esse valor será reduzido para R$ 100 mil/ano, uma diferença considerável que a Prefeitura poderá aplicar em outras áreas. A implantação das placas de captação da energia solar em todo o prédio deverá ter um custo total de R$ 4,7 milhões, sendo que R$ 2,7 milhões serão recursos do Fundo  de Recuperação, Manutenção e Preservação do Meio Ambiente (Proamb) e os R$ 2 milhões restante pretende-se viabilizar com parceiros privados por chamamento público.
A administração estima que grandes empresas queiram cotizar o valor devido ao marketing positivo que a medida gerará.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE