Sindicato acusa Jolitex de descumprir acordo do PPR

Tradicional empresa da cidade, a Tecelagem Jolitex está descumprindo a Convenção Coletiva de Trabalho quanto ao pagamento do Programa de Participação nos Resultados (PPR) de seus 200 empregados da unidade de Americana. O Sindicato dos Têxteis já alertou os trabalhadores quanto ao problema e tomará as medidas judiciais necessárias para preservar o direito dos empregados.

A Convenção Coletiva de Trabalho determina em sua Cláusula 19, que o PPR será pago em duas parcelas. A primeira no valor de R$ 366,74 com vencimento em 25 de abril e a segunda no valor de R$ 366,73 com vencimento em 25 de outubro. Ocorre que a empresa não pagou a primeira parcela e questionada pelo Sindicato informou que pagaria os R$ 366,74 em seis parcelas de R$ 61,12 em virtude de dificuldades financeiras impostas pela Pandemia.

O Sindicato não concordou com as alegações, pois o PPR não é uma novidade, estando todos os anos na Convenção Coletiva da categoria, que tem data-base em 1º de novembro. “A Jolitex não é uma empresa pequena. Tem unidade em Americana e Nova Odessa, sendo considerada uma empresa de porte regional. A Pandemia começou no meio de março, portanto a empresa com certeza já tinha feito sua provisão de caixa para arcar com o compromisso. E mais, solicitamos que a Jolitex demonstrasse sua real dificuldade contábil, o que não ocorreu”, explicou o presidente do Sindicato Luiz Carlos Nascimento.

“Até propusemos o pagamento em duas vezes, como forma de resolver o conflito. Mas não adiantou. Parece que passaram uma listagem para os trabalhadores assinarem concordando com o parcelamento. Mas o fato é que a Convenção Coletiva está sendo desrespeitada e a listagem assinada não tem valor, pois o trabalhador se sente coagido. Além disso, qualquer alteração do constante na Convenção precisa do aval do Sindicato. Estão achando que podem fazer carnê com o dinheiro do trabalhador”, finalizou Luiz Carlos.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE