Jolie pede ação da ONU para estupros na guerra

A atriz Angelina Jolie pediu ao Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas nesta segunda-feira para abordar os problemas de estupros em zona de guerra como prioridade principal. A atriz também compartilhou histórias de mães e crianças que foram abusadas nas regiões em que há conflito armado.
“As meninas são estupradas e engravidam antes que seus corpos sejam capazes de transportar uma criança”, disse ela no debate sobre a violência sexual em conflitos, organizado pela Grã-Bretanha.

Jolie visitou os campos de refugiados ao redor do mundo, relatando os problemas e pedidos destes para que sejam discutidos entre os membros do Conselho da ONU. A atriz é a enviada especial para a Agência de Refugiados das Nações Unidas.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE