Joi reclama que Juca mandou cortar seu telefone

O vereador Joi Fornasari (SD), protocolou ofício, nesta segunda-feira (11), pedindo informações ao presidente do Legislativo barbarense, Juca Bortolucci (PSDB). Na última semana, por determinação do presidente, uma das linhas telefônicas utilizadas por Joi em seu gabinete foi cortada sem nenhuma explicação. Além de informações a respeito do motivo da interrupção do serviço, Joi pede que a linha seja religada, uma vez que outros parlamentares, como os vereadores Antonio Pereira (PT), Emerson Luis Grippe – o Bebeto (SD),  Felipe Sanches (PSC) e Erb Oliveira Martins ??? o Uruguaio (SD), ainda contam com mais de uma linha externa.
“Desde que ingressei na Câmara, na Legislatura passada, sempre contei com duas linhas telefônicas. Sou cego e, em virtude da minha deficiência, atuo mais dentro do gabinete do que na rua, ao contrário de outros parlamentares”, afirmou Joi, ressaltando que a perda de uma linha direta de contato com os cidadãos pode dificultar sua atuação parlamentar e reduzir a eficiência de seu gabinete. “Um levantamento do promotor Leonardo Romano Soares apontou que sou responsável por um quinto de todas as proposituras apresentadas por esta casa de leis”, destacou.
Joi também ressalta que, mesmo tendo duas linhas telefônicas, estava muito abaixo do limite de gastos estipulado pela Câmara para cada gabinete, de R$ 2 mil, por isso acredita que o motivo para a suspensão do serviço não seja financeiro. “No mês de Março, por exemplo, meu gabinete gastou, contando telefone e materiais de expediente, o valor de R$ 516,56”, concluiu. “Talvez o fato de ter sido o mais votado na eleição passada e de continuar prestando um bom serviço à população tenham gerado incomodo entre alguns colegas. Fora essa suspeita, não consigo entender o motivo dessa situação”, disse.  

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE