Joi detona governo Andia e quer ensinar secs

O vereador  Joi Fornasari (SD), esteve reunido, nesta quarta-feira (14), com a secretária municipal de Fazenda, Raquel Campagnol, e com o secretário municipal de Obras e Serviços, Hamilton Cavichiolli. Acompanhado do diretor da Controladoria do Legislativo, Alex Borges, o parlamentar visitou essas duas secretarias em busca de respostas da Administração a respeito das péssimas condições das estradas rurais do Município e da previsão de melhorias para essa área.
Joi visitou a secretária da Fazenda após ter recebido uma resposta evasiva da Prefeitura a respeito da arrecadação de ITR (Imposto Territorial Rural) no Município. Segundo o parlamentar, muitos proprietários rurais se queixam do fato de, apesar de pagarem esse tributo em dia, não contarem com nenhum retorno na área onde vivem, sendo cotidianamente prejudicados pelo péssimo estado de conservação de diferentes vias. Segundo Joi, a responsável pela Fazenda explicou que o Município arrecadou R$ 777 mil de ITR em 2017, mas que 40% desse valor deve ser destinado às áreas de Saúde e Educação. Ele ressaltou, no entanto, não ter sido informado a respeito da destinação dos 60% restantes e que mesmo não havendo nenhuma obrigatoriedade, a Prefeitura poderia ter investido em melhorias na área rural.
Joi aproveitou sua visita à sede da Prefeitura para conversar com o secretário de Obras, a quem cobrou diretamente a respeito da atual situação de duas máquinas motoniveladoras da Prefeitura, as quais poderiam ser utilizadas para a manutenção das estradas rurais, mas encontram-se paradas. Segundo o parlamentar, o secretário informou que já fez o pedido de manutenção e que a Secretaria de Fazenda deve emitir, nos próximos dias, a nota empenho das peças necessárias para o conserto da máquina de 1979, que apresentou problemas no motor, e da motoniveladora de 2010, que está sem ar-condicionado. No entanto, Cavichiolli ainda não informou o prazo para conserto dessas duas máquinas.
???Fico muito triste com a atual situação das áreas rurais, pois sei que além de prejudicar o acesso de muitos moradores a suas residências, o péssimo estado de conservação das estradas atrapalha o escoamento da produção, o que tem causado prejuízos a muitos produtores rurais, que pagam seus impostos em dia???, afirmou Joi. ???Mesmo não sendo obrigado por lei a reverter parte do ITR para a Zona Rural, o prefeito poderia ter mais sensibilidade c garantir que os munícipes dessa região tivessem retorno do imposto pago???, concluiu.  

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE