Já fez sua lista para 2018?

O ano está terminando e com ele sempre vem aquelas listas de metas para o próximo ano. Mas como cumprir e não desistir? O segredo está no nosso cérebro. O Bem Estar desta sexta-feira (29) convidou a endocrinologista Alessandra Rascoviski e o neurocientista Pedro Calabrez deram dicas.

O neurocientista explicou porque a capacidade de antecipar aquilo que ainda vai acontecer é fundamental para cumprir as metas do ano novo. Mas nada de criar metas quase inatingíveis. Como na previsão do tempo, por exemplo, quando a gente pensa muito a longo prazo, tudo fica mais impreciso e a chance de a promessa continuar sendo só promessa aumenta. Por isso, é preciso pôr em prática, parar de protelar.

A dica é subdividir a meta em pequenas metas, mais fáceis de alcançar. O ideal é que a meta de longo prazo seja de até três meses, nada além disso. ?? como se você estivesse um destino e fosse criando caminhos até ele.

O imediatismo também pode atrapalhar o cumprimento de metas. ?? preciso focar em dois conceitos: a capacidade de visualizar o futuro e frear as emoções e desejos imediatos.

Portão da consciência

O portão da consciência é um sistema responsável por captar todos os estímulos sensoriais. Essa área do cérebro ajuda a tirar as metas do papel. Uma forma de ajudar é fazer planejamento, criar etapas e escrever sobre isso. A visualização é importante para o cérebro.

Veja as dicas da endocrinologista:

    Ter consciência de saber o que quer de verdade
    Traçar pequenas metas
    Planejar e estabelecer um método
    Agir

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE