Investidor em criptomoedas tem novo perfil

Há cinco anos, quando o Bitcoin começou a se popularizar no mundo, 90% dos seus compradores eram traficantes de drogas que usavam a criptomoeda para lavar dinheiro, sem qualquer risco de cair nas mãos dos governos, já que não havia qualquer regulamentação para a compra e venda da moeda digital. Hoje, segundo fonte do Departamento de Combate às Drogas dos Estados Unidos, em reportagem publicada pela Bloomberg, os especuladores financeiros são maioria entre os usuários de Bitcoin no mundo. A participação dos traficantes, segundo o órgão, caiu para 10%, mesmo com as vantagens oferecidas aos que querem realizar operações ilícitas, especialmente na deep web, por operarem de forma anônima.

Essa mudança no perfil do usuário é garantia de que investir em criptomoedas é um bom negócio? Qual a segurança oferecida ao investidor? Quais os riscos? Como está o processo de controle e regulamentação das moedas digitais no mundo? Essas e outras dúvidas ainda impedem que muitos brasileiros arrisquem suas economias nas criptomoedas. Para ajudar a esclarecer esse cenário e tirar dúvidas de potenciais investidores, o curso de Ciências Econômicas da EAD Unicesumar realiza nesta terça-feira (14) um webinar sobre o assunto.

A partir das 15h15, os interessados em debater o tema ???Bitcoin: conheça o mundo das criptomoedas??? devem acessar o link https://bit.ly/2KPRP4C para se cadastrar e participar. O webinar será moderado pelo professor Silvio Castro, coordenador do curso de Ciências Econômicas da EAD Unicesumar, e contará com as participações de Pietro Martins de Oliveira, mestre em Ciência da Computação, e Guilherme Henrique Vargas Furlaneto, investidor em criptomoedas.

???Queremos desmistificar o assunto e esclarecer todas as dúvidas dos participantes. A primeira moeda digital surgiu há dez anos, mas ainda existe muita insegurança para quem pensa em investir???, destaca Castro.

A participação no webinar é gratuita. A transmissão está programada para durar 90 minutos e todos os participantes poderão interagir com os convidados, enviando perguntas e dúvidas.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE