Impeachment tem apoio de metade da CM SB

Pelo menos metade dos vereadores da Câmara de Santa Bárbara se diz a favor do impedimento da presidente Dilma Rousseff (PT). Os principais argumentos não envolvem o escândalo da Petrobras, mas sim a crise econômica que se acelerou nos últimos meses. Os demais estão em dúvida, relutam pela legalidade ou são contra mesmo o movimento marcado para o próximo domingo. 
Uruguaio (SD) a favor e vai no manifestoWilson da Engenharia (PSDB) favor e vai no manifestoGustavo Bagnolli (PSDB) a favor e vai no manifestoFelipe Sanches (PSC) em dúvidaCarlão Motorista (PDT) a favor, diz que quer mudançaCelso Ávila (PV) em dúvida, mas reprova o governoAdemir Silva (PT) contraCarlos Fontes (PSD) a favor, mas disse que precisa ver pela legalidade. Reprova o governoAntonio da Loja (PMN) em dúvidaAlex Backer (PV) a mudança era pra ter sido em outubroGiovanni Bonfim (PDT) tem que pensar nas consequências. Não haverá mudançaKadu Garçon (PR) contra. A entrada do PMDB no governo seria um retrocesso da democraciaBebeto Grippe (SD) a favor, não vai no evento. Erros na política.
Dr José (PSDB) a favor, mas da plantão em Nova Odessa e não vai.Fabiano Pinguim (PV) não teve tempo para pensar.Antonio Pereira (PT): “Eu sou contra, claro. Primeiro porque não há motivo para um impeachment. Segundo porque não é um bom momento para o Brasil e esse impeachment seria desastroso para nossa sociedade”

O NM não conseguiu falar com os vereadores Careca do Esporte (Pros), Joi Fornasari (SD) e Juca Bortolucci (PSDB).

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE