Impeachment. Ministro do STF cita crime de responsabilidade

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, disse esta quarta-feira à ‘Folha de S Paulo’ que é vedado ao presidente da República- no caso da vez Jair Bolsonaro (sem partido), ‘sob pena de incidir em crime de responsabilidade, transgredir a supremacia político-jurídica da Constituição e das leis da República’. O caso configura crime de responsabilidade e pode ser feito pedido de abertura de impeachment do presidente.
Em sua conta no twitter, Bolsonaro disse que utiliza o WhatsApp para trocar ‘mensagens pessoais’.O presidente disparou pelo celular um vídeo convocando manifestantes para ato em sua defesa, no dia 15 de março. Os protestos, de acordo a reportagem, têm viés contra o Congresso.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE